4 dicas para dar um lance mais atrativo no consórcio imobiliário

10f

Quem contrata um consórcio imobiliário tem parcelas menores que as do financiamento para quitar. Entretanto, essa é uma modalidade financeira para aqueles que têm paciência. Isso porque o destino da carta de crédito de cada mês é definido por sorteio. Para quem não quer contar com a sorte, é possível antecipar a contemplação dando um lance.

É nesse momento que as dúvidas começam a surgir. Se você está pensando em usar o consórcio imobiliário, veja as 4 dicas para dar um lance mais atrativo.

O que é o lance?

Todo mês a administradora estabelece uma data limite para que os consorciados deem as suas ofertas de lance. Após esse dia e antes da data da assembleia, ela irá analisar todas as propostas e definir qual será a cota contemplada. Cada administradora tem suas regras específicas para esse momento, mas no geral, ganha quem fizer a maior oferta.

Mas atenção, o lance nada mais é que um adiantamento do valor das parcelas que ainda estão por vir. Portanto, ele não pode ser usado para pagar as parcelas atrasadas. Apenas os consorciados que estão em dia com o pagamento podem lançar mão desse recurso.

Se planeje para esse momento

A grande vantagem do consórcio está no valor reduzido das parcelas. Isso porque não são cobrados juros e, portanto, elas permanecerão sem grandes variações de custo ao longo de todo o contrato. Essa característica dos consórcios permite um controle maior do orçamento pessoal. Dessa forma, é possível se planejar para o momento do lance.

Para tanto, certifique-se que a sua renda mensal não seja totalmente comprometida. O ideal é que as despesas com moradia não ultrapassem 30% dos seus rendimentos. Já que as parcelas do consórcio não são altas, é possível manter uma poupança paralela para o lance. Além disso, as entradas extras, como décimo terceiro salário, bônus de final de ano etc, podem ser aplicados diretamente na poupança.

Lembre-se do seu FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um direito trabalhista garantido pela constituição. Ele serve para dar segurança ao trabalhador quando ele for demitido sem justa causa. Apesar de o benefício ser dedicado a esse objetivo, existem algumas situações em que ele pode ser usado, mesmo quando o cidadão ainda está empregado. Uma delas é a compra da casa própria.

Isso posto, o FGTS pode ser usado para dar o lance no consórcio. Tanto para quitar, quando para o pagamento parcial das prestações. Por isso, não se esqueça dessa possibilidade. Apesar de parecer um movimento arriscado, afinal de contas, não existe como prever se você perderá o emprego em algum momento no futuro, esse é um investimento que resultará em um bem durável.

Qual o valor ideal do lance?

Não é possível estabelecer um valor correto para o lance. Isso porque os grupos são muito diferentes e regidos por uma série de características específicas. Entretanto, é possível observar o comportamento do grupo e entender quais são as suas chances reais de ser contemplado.

Antes da contemplação, todo o processo envolvendo os lances é sigiloso. Ou seja, você não terá acesso aos valores que outros consorciados ofertaram. Entretanto, quando a cota é escolhida, a administradora costuma divulgar o valor do lance vencedor. Tanto para a prestação de contas, quanto para que você possa se planejar. Isso não significa que necessariamente você terá que dar um valor mais alto, mas já terá uma noção de quanto será necessário.

O consórcio imobiliário é a modalidade de crédito perfeita para quem não quer comprometer a renda mensal drasticamente. Suas parcelas são flexíveis e variam de acordo com o tempo de cada contrato. Por isso, além de conseguir pagar as parcelas, você conseguirá usar aquele dinheirinho extra para ser contemplado por lance.

Se você está pensando em dar um lance, mas ainda ficou com dúvidas, compartilhe suas perguntas nos comentários. Conte conosco para ajudar na conquista dos seus sonhos.

 

Adicionar comentário